#14 capital reflex

2008, Tomar

Esta série apresenta metáforas sobre a influência do capitalismo e seus complexos mecanismos, na sociedade contemporânea. Esse impacto é sentido e estruturado em cada um de nós de forma totalmente distinta. O que numa imagem alguém verá como destruição e caos, outrém verá novidade e criação. Assim são também as consequências de qualquer acto humano, consoante o ponto de vista que se adopte, é importante perceber que essa adopção parte de uma escolha, que é livre, que deve ser flexível, que é determinante para a forma como se vive. Fotografia também é isso, opção, escolha, em liberdade, palavras que representam conceitos fortes, conquistas sobre as quais infelizmente ainda se luta e se morre, e neste capítulo não posso deixar de expressar uma palavra de solidariedade para com TODO o povo iraniano, tão dividido nessa busca. Se uma imagem também é luz, desejo-lhes toda a fotografia do mundo.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: