#2 ligações (pouco) perigosas

Performance, Trem Azul, Lisboa 2006

Algumas coisas interessantes para o fim de semana:

  • Extraordinária animação sobre a já celebrizada frase “yes we can”, em que a palavra “can” é usada também para designar uma embalagem, neste caso uma lata de bebida, The Can, de Carlos Lascano (via Arrastão)
  • Fotos do nosso Sol, sem adjectivos, só vendo
  • Reflexões sobre o auto-retrato em Edições do corpo: auto-retrato
  • Augusto M Seabra aponta as baterias ao kitsch e à arte como “marca”: “com Hirst e Koons (ainda assim, mais com o segundo), a banalidade do “kitsch” recoberta a dourado de cifrões ganha um novo estatuto de luxúria, de construção de um gosto também, com o artista como “pop star”“, em GOSTO E OSTENTAÇÃO
  • Night Scenes no BostonGlobe.com
  • Da Magnum, mais concretamente de Jonas Bendiksen, este périplo fotográfico pelas “Lugares onde Vivemos
Tags:
Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: