#25 capital reflex


“Em contrapartida, aquele que diz a verdade precisa de recorrer a uma retórica que impõe não a verdade em si mesma mas a sua coincidência com um interesse específico. Ele (ou ela) faz isso porque a verdade não é evidente, e só convence travestida de interesse. Ao mesmo tempo, sabemos que quem faz coincidir uma verdade com um interesse está apenas a exercitar um truque. E desconfiamos.”
N’a Lei Seca

Esta imagem foi tirada no ano passado, nela se pode ver o campo de jogos e as paredes do pavilhão  gimnodesportivo por detrás, que em tempos foram pertença do extinto Colégio Nuno Álvares em Tomar, e que posteriormente passou a escola C+S. Entretanto, foi um dos estabelecimentos de ensino beneficiados por programa de modernização, tendo esta edificação sido recentemente demolida.

A imagem está inserida na série capital reflex, trabalho que é uma tentativa de ver através dos olhos dos outros, dos portugueses. O sentido geral deste projecto é o de uma compilação, quase como se fosse um conjunto de recortes de jornal, que guardamos porque o assunto nos interessa independentemente de concordarmos com o que nele se descreve. É uma presunção de veracidade um pouco estranha, pois tenta perspectivar o “estado do tempo” português através das minhas lentes, como se fosse possível empatizar com o outro a ponto de lhe transmitir a minha compreensão acerca daquilo que sente, mas numa situação em que não estou necessáriamente envolvido com esse tipo de sentimento, ou melhor dizendo, em que aspiro a permanecer neutral. Quer isso dizer que estou isento de juízos ou de preconceitos em relação aos temas? Duvido.

Esta imagem representa ou é alusiva a um acontecimento específico? Não. Corresponde a algo que existe na realidade? Já não. É uma alusão simbólica ao edifício educativo. Apesar de alguns arranjos exteriores – as balizas estão com ar arranjado, as ervas estão relativamente aparadas – a visão geral que parece permanecer é de degradação, de negligência, permanecendo no entanto um carácter ambíguo, ambiguidade essa que no fundo parece ser um dos pilares de toda a fotografia.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: