Andy Freeberg, Russians of Guardian Art Museums

Este trabalho de Andy Freeberg fez-me lembrar o Museum Watching de Elliott Erwitt. Embora aparentem algumas semelhanças, ao fim e ao cabo são pessoas enquadradas com obras de arte, em espaços construidos para o efeito, etc, nesta série a tónica parece estar centrada especificamente no “guarda” da arte. Uma grande chatice, a de guardar a arte, entenda-se.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: