brígida mendes

Ia começar por escrever que se trata de artista conterrânea minha, tomarense portanto, mas perdi-me pensando em que medida é que esse dado é relevante para o pensar e olhar desta série, que parece lidar efabuladamente com os meandros da identidade.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Comments:

lion
April 8, 2009

Interessante saber que a esta artista interessa mais o processo de construção da encenação do que fotografa, do que o resultado em si

Já tinha pensado em falar do trabalho da Brígida Mendes, um talento que infelizmente não é totalmente reconhecida por cá, mas eu é mais livros, e ela ainda não publicou nenhum. :) Gosto particularmente do facto dela utilizar o ambiente familiar sem cair no registo diarístico tão tipico da contemporaneidade, a coisa dramática e crua, já estafada e cada vez mais prevísivel.

Leave a Comment: