bruce davidson

[via Photo Booth]

Bruce Davidson, um dos veneráveis cultores do fotojornalismo “a la Magnum”. Vários dos seus projectos sofreram críticas da “intelligentsia”, sobretudo devido ao facto de ser um outsider, um branco que fotografava negros e que devido a essa condição detinha um handicap perante o ofício. Se foi ou não um debate “de época”, ou se esse tipo de escrutínio preconceituoso ainda subsiste nos dias de hoje, é um dado a verificar, ou então a antropologia gosta de dividir para reinar. Mas alguns trabalhos da época, sobretudo o “East 100th Street“, fotografado no Harlem, bairro negro e pobre de Nova Iorque, tem uma particularidade não negligenciável: não se tratam de snapshots “toca-e-foge”, mas de fotografias efectuadas com uma câmara de grande formato. Uma acção que implica integração, autorização e a percepção de regras entre fotógrafo e fotografado. No vídeo acima, uma entrevista que apesar de breve deixa transparecer a via e as escolhas deste celebrado fotógrafo.

Ver mais fotografias.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: