dipticos

A 1ª imagem de Daniel Blaufuks, da série collected short stories, a 2ª de Harvey Benge, da série stereotype. Embora semelhantes na aproximação formal através da estrutura diptica, ainda assim as séries diferem um pouco nas soluções encontradas.  Valendo-se dessa estrutura sequencial como elemento estruturante da narrativa fotográfica, Blaufuks coloca títulos nas “histórias”, conduzindo a uma leitura mais defínida, Benge por seu lado tenta encontrar a intersecção visual que unifica os dois fotogramas. Em fotografia, nem sempre o que parece igual, é.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: