Fotografia e Verdade – Uma História de Fantasmas

 

Fotografia e Verdade – Uma História de Fantasmas, de Margarida Medeiros, acha bartesiana lançada de fresco  para a fogueira do pensamento fotográfico, embora a filiação em Roland Barthes não seja de minha lavra, mas de João Mário Grilo, que a sugeriu no acto de lançamento, ocorrido recentemente na Assírio& Alvim do Chiado. Num momento em que alguma da fotografia culta gira em torno “daquilo que lá não está”, concerteza que se trata de uma útil e profícua leitura. A autora lançara já anteriormente o volume Fotografia e Narcisismo – o auto-retrato contemporâneo (2000), actualmente esgotado, mas segundo consta em processo de reedição. Um novo capítulo sobre teoria e pensamento fotográfico, que vem alegrar um pouco a prateleira lusa dedicada ao tema, tradicionalmente magra na produção intelectual deste âmbito. Uma breve introdução a ambos os livros mencionados na Phala.
Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: