Fraude fotojornalistica premiada


« Pour pouvoir étudier le jour, je me sers de mon cul la nuit… De temps en temps je reviens à l’appart’ entre midi et deux pour dormir. C’est dingue d’en être arrivée là. Heureusement j’arrive encore à le cacher. » Emma, 23 ans, Master de Philosophie


« Je ne peux pas aller au Restaurant Universitaire tous les jours, et je n’aime pas aller aux Restos du Coeur. Alors je fais les fins de marchés et j’en donne à des potes chez qui je peux aller cuisiner. » Armin, 23 ans, Master de sociologie.

Vencedores do Grand Prix du Photoreportage Etudiant, Guillaume Chauvin and Remi Hubert viriam a anunciar na entrega dos prémios que a reportagem era falsa e tinha sido encenada. Intenção: Questionar os limites e a forma como o fotojornalismo actual é feito. Ver mais em French Photo Hoax no Horses Think e no Le Figaro, as imagens estão aqui.
Apesar da “farsa”, a reportagem não deixa de estar ancorada em problemas reais, os quais assumem expressão mais premente quando estamos num dos países do G8, uma França conhecida pela defesa dos direitos sociais. Por muita verborreia que estes governos “sociais” exibam por essa Europa fora a respeito da Educação, é penoso perceber as estratégias a que alguns recorrem para simplesmente poder pagar os estudos, e embora se possa pensar que alguns o farão de livre vontade e quiçá sem necessidade, certamente não será esse o caso da maioria.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Comments:

Pingback: HVelho
Pingback: HVelho

Leave a Comment: