Jen Davis, Auto-Retratos

Esta série de auto-retratos de Jen Davis chamou-me a atenção de vários ângulos, por um a lado, a utilização não standardizada do corpo feminino, como paradigma de efectivação de um estudo fotográfico “bonito ou atraente”. Sabendo como no Photoshop tudo se altera, a maior parte das representação mediatizadas do corpo feminino é tudo menos realista. Por outro lado, as imagens não deixam contudo de apresentar tensão na amplo quadro de direcções  em que navegam, em que através da representação de um corpo feminino que não representa uma padrão actual de beleza, nos são sugeridas interligações com questões ligadas à sexualidade, à alimentação,  à moda, à auto-estima, etc.  Uma série que se poderia considerar íntima, subjectiva, que não reflectiria sobre o mundo mas sobre si mesma, mas que pela forma como é trabalhada consegue transitar do particular para o geral, trazendo para a linha da frente questões essenciais não só do individual, como do colectivo.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: