Ligações pouco perigosas @ 03.04.2009

Metereologia de fim de semana: 21 graus, nuvens que limitam o sol…

  • Yury Toropstov – Marilyn and I, na Burn Magazine, um tríbuto em forma de retrato a Marylin Monroe, num registo documental-poético que apreciei, à excepção talvez da música (de Moby), que conjuga um tom de memorial associado a tristeza, à perda, sentimentos que tornam a visualização um pouco penosa… muito melhor quedaria There Will Never Be Another You do Nat King Cole…
  • «A aura é um interveniente fundamental», embora aqui descontextualizada e dúbia, vale a pena espreitar o contexto desta frase no blog O infinito ao Espelho através destes Escritos de Artista,ou citando Oscar Wilde, “quando os capitalistas se juntam falam de arte, quando os artistas se juntam, falam de dinheiro”.
  • Primeiro número da Lapsus Magazine, revista online de fotografia contemporânea
  • O pós-modernismo morreu, viva a altermodernidade, interessante artigo na Ipsilon, onde se pode entreler da aspiração de Nicolas Bourriaud em cunhar um novo termo filosófico…
  • «Em vez de lugar de valores absolutos, a democracia, para (Jean-Luc) Nancy, só pode ser o espaço de cruzamento de múltiplas possibilidades e, naturalmente, de construção de sentidos», no Da Literatura: Democracia e infinito, acerca do livro  Verité de La Democracie, de Jean-Luc Nancy.
Tags:
Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: