martin parr em entrevista – limitações existem meramente na cabeça das pessoas


Extra: As a documentary photographer, you don’t seem reluctant to get involved in the commercial scene.

Martin
Parr: No, not at all, photography is a commercial activity. Even high art photography wants to be commercial, because everyone wants to sell prints. I mean, the wealthiest photographer in the world is probably no longer fashion photographer Steven Meisel, but Andreas Gursky, who is at the top end of the art market. So it is interesting that the art market, financially often regarded as the poor cousin of commerce, is now way ahead of the commercial fashion industry.

Martin Parr não é um fotógrafo qualquer, membro da agência Magnum, um dos maiores coleccionadores mundiais de livros de fotografia (e não só, parece ter um fetiche por tudo o que está ligado á imagem), participando regularmente em júris, desdobrando-se em entrevistas, curador, não só do seu próprio trabalho como do de terceiros. Uma entrevista sua é quase sempre um manacial de opiniões esclarecidas e profundas sobre o meio, muito além da mera “finiquice” semântica que muitos fotógrafos do meio artístico exibem quando falam da fotografia ou dos seus trabalhos. A ler sem demoras.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: