nihilsentimentalgia

Datam mais de 6 meses desde o último post no blog. Entrevi um fim na “entrevista” com o André Cepeda. Pelas imagens, pelo conteúdo e pela forma, seria uma bela maneira de deixar de existir, bloguisticamente falando.  Sem avisar, sem despedidas, sem nada. Nada mais para dizer, para apresentar, para contestar, bem ou mal. Por outro, lado o esforço de coexistir enquanto fotógrafo, estudante e ainda o labor tremendo que um blog – escrito assiduamente – trás. Mas o interesse e o gozo de escrever, de aprender, de partilhar, nunca desapareceu. Talvez por isso, aparece agora, do nada, outro “nada”: Nihilsentimentalgia. Queres escrever, perguntou a Sofia, está bem, respondi-lhe. Espero não ser um colaborador tão irregular como aquele que fui aqui nos últimos tempos.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: