Previous
Next

Curso em Milagres, 2017-2019

De uma carta da Irmã Lúcia, datada de Tuy, 7-XI-1945

“…o Salazar é a pessoa por Ele (Deus) escolhida para continuar a governar a nossa Pátria, …a ele é que será concedida a luz e graça
para conduzir o nosso povo pelos caminhos da paz e da prosperidade.”

 

“Lisboa, 13-XI-945

António
Nesta hora de tantas preocupações, desgostos e talvez dúvidas para ti,
envio-te este trecho de uma carta da Irmã Lúcia, a vidente de Fátima,
que acabo de receber. Deve levar-te muita consolação e confiança. E se
tu a lesses toda, mais consolado e confiado ficarias ainda. Escuso de
dizer que isto que ela diz, o não diz dela mesma, mas por indicação
divina (segunda ela deixa entender). Tenho pressa em to fazer chegar
às mãos.
Abraça-te afectuosamente
o teu ex-corde
Manuel”

—-

Em cima, extracto de carta escrita pela Irmã Lúcia e enviada ao Bispo de Leiria. Em baixo, com base nessa carta, o então  Cardeal de Lisboa, Manuel Cerejeira escreveu a António Salazar a propósito das dúvidas que este último lhe manifestara sobre a possível recandidatura e resultado das eleições seguintes, que ocorreram a 18 de Novembro desse mesmo ano. Este último excerto foi retirado de um documento arquivado no Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Da carta de Lúcia, não se conhece o paradeiro.

From a letter from Sister Lúcia, dated from Tuy, 7-XI-1945

“… Salazar is the person chosen by Him (God) to continue to
govern our homeland,… it is he who will be given the light and grace
to lead our people on the paths of peace and prosperity. ”


Lisbon, 13-XI-945

António
In this hour of so many worries, disappointments and perhaps doubts for you, I send you this excerpt from a letter from Sister Lúcia, the seer of Fátima, that I just received. It must bring you a lot of consolation and confidence. And if you read it all, the more comforted and trusted you would be. I don’t need to tell you that what she says doesn’t come from herself but from divine indication (according to what she says). I’m in a hurry to make it arrive to your hands.
Embrace you affectionately
your
Manuel

—-

Above, an extract from an missive written by Sister Lúcia and sent to the Bishop of Leiria. Below, based on this letter, the then Cardinal of Lisbon, Manuel Cerejeira, wrote to António Salazar, the then portuguese president of the dictatorship, about the doubts that the latter had expressed to him, over the possible re-election and results of the following elections, that took place in 18 November 1945. This last excerpt was taken from a document filed at the National Archive of Torre do Tombo. There is no knowledge where Lucia’s letter might be stored.