Exit Wounds, 2020

Trabalho efetuado com recurso a  imagens do meu arquivo, durante o primeiro período de confinamento obrigatório estabelecido pelo governo português, em Março de 2020, em que foram decretadas medidas restritivas às saídas de casa devido à pandemia do Covid19.

Exit Wounds é um termo usado em linguagem forense, que se refere às perfurações da pele causadas por um projétil, cuja tradição literal é “feridas de saída”. O termo encontra um paralelismo entre o seu uso mais regular no jargão médico de guerra e os discursos políticos e mediáticos, produzidos sobre a pandemia do coronavírus. Um outro sentido está associado à possibilidade de se ficar “ferido”, ou doente, por se sair de casa.

#naruapelofuturodaculturaemportugal

Work carried out with recourse to images from my archive, during the first period of compulsory confinement established by the Portuguese government, in March 2020, in which restrictive measures were imposed on leaving home due to the Covid pandemic.

Exit Wounds is a term used in forensic language, which refers to puncture wounds of the skin caused by the exit of a bullet. The term seems to find a parallel between its more regular use in medical and war jargon, and the political and media discourses produced about the pandemic. It also alludes at the possibility of being “hurt” by becoming sick because of leaving home. 

#naruapelofuturodaculturaemportugal