retratos da crise

Portraits from a Job-Starved City (Rockford, Illinois) – Alec Soth, para o New York Times. 1ª nota de relevo para o modo simples, leve, mas informativo, como o conteúdo nos é apresentado. 2ª nota: dá para entender porque é que os americanos tem tanto polícia, com ordenados entre sessenta e setenta e tal mil dólares por ano, eu também não me importo de ir para lá fingir que trabalho. Também é possível ficar a saber que há por lá ordenados tão miseráveis como cá. Em termos fotográficos, até estranhamos um Soth onde não aparece nenhum personagem “fora do baralho”. As “encomendas” parecem ser por vezes problemáticas, sobretudo em fotógrafos que nitidamente se encontram mais à vontade em projectos pessoais do que nestas propostas de índole mais fotojornalistica. Não parece ser este o caso, dado que a aproximação formal e conceptual a este projecto está um pouco diferente do estilo fotojornalistico mais corrente, todavia não se pense que esta afirmação pressupõe alguma desvalorização de um em proveito de outro. Assumir o pioneirismo dos novos mediam implica também albergar diferentes formas da fotografia documental, eis aqui um excelente exemplo.

EN
Portraits from the JobStarved City (Rockford, Ill.) Alec Soth, for The New York Times. 1st relevant note for the simple, light yet informative form as the content is presented to us. 2nd note: we can understand why Americans have so much police officers, with salaries ranging between sixty and seventy thousand dollars a year, even I do not care to go there. You can also find out that there are some miserable salaries, just like in here. In photographic terms, it’s kind of strange to see no “weirdo” characters on this latest one from Soth. This type of assignments appear to be sometimes problematic, especially in photographers who are clearly more at ease on personal projects than on proposals more photojournalistic in nature. This doesn’t seem to be the case, since the formal and conceptual approach to this project is a little different than most current photojournalistic style, although this statement doesn’t implie a devaluation of one in favor of another. Pioneering the media presentation might also be to accommodate different documentary photography, as this beautiful example may confirm.

Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: