the bad plus

Foto: Ethan Iverson (pianista, The Bad Plus), FMM-Sines, 2006

Neste artigo no The Rest is Noise, Alex Ross chama a atenção para algumas particularidades da música Semi-Simple Variations (com um teledisco hilariante) inserida no novo disco dos The Bad Plus, For All I Care, desse modo aproveito a deixa, para de uma só vez preencher 3 vias, a primeira, desavergonhadamente autopromocional, apresentando fotos minhas sobre a banda; a segunda, para vos contar sobre este trio jazz de um convencional piano-baixo-bateria, mas cuja convencionalidade é algo enganadora, quiçá fazendo jus ao título da dita música… Ora ouvejam lá esta famosa faixa…

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=xyilbV0OrMQ]

Já com alguns álbuns no currículo, desta formação destacaria These Are The Vistas [2003], Give [2004] e Suspicious Activity [2005], que abrem possibilidades ao desenrolar de novos cruzamentos entre linguagens musicais, de um modo que me parece particularmente estimulante, sem nunca perder o pé no jazz. A este respeito, leiam o excelente Enquanto andamos por aí distraídos… “ele move-se!” no site de Manuel Jorge Veloso, que aliás é o alvo da última “via” deste artigo, como lhe chamei no início, tão só um palavra de  reconhecimento a este crítico de jazz, talvez aquele que associou o saber musical ao talento para decifrar e descrever o jazz, de forma que mais ninguém fez em Portugal (repare-se que José Duarte não é crítico, mas sim divulgador) e que, faz já algum tempo, se entregou nas mãos da blogosfera.


Foto: Reid Anderson (contrabaixista, The Bad Plus), FMM-Sines, 2006
Foto: Dave King (baterista, The Bad Plus), FMM-Sines, 2006
Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: