will steacy, down these mean streets

Down these mean streets, de Will Steacy, é uma série cujo título pode ter uma tradução em português que não andará longe de qualquer coisa como “por estradas perigosas”. O fotógrafo calcorreou, à noite, estradas que medeiam entre os aeroportos e a baixa de algumas cidades americanas. Apesar do carácter suburbano das imagens, não se trata do aglomerado urbano dos subúrbios americanos que tradicionalmente se reconhece, casinhas alinhadas e relvadas, que em nada coincidem com a idéia que temos de um subúrbio português. Para quem nunca esteve nos Estados Unidos, os “dowtown”, ou o centro (a nossa baixa) são as zonas onde se agrupam os edificios mais altos, quase exclusivamente destinadas a actividades comerciais e onde à noite mal se vê vivalma. As fotografias evidenciam estas zonas de transição, estes caminhos pouco frequentados e algumas das pessoas que o fotógrafo foi encontrando.

Este parece ser o caso em que vale a pena frisar que foi feito através de uma máquina de grande formato e não de uma qualquer “aponta-dispara-e foge” de 35mm. Alguns fotógrafos garbosamente afirmam trabalhar em grandes formatos, mesmo que na maior parte dos casos não se perceba claramente o porquê desse destaque, colocando o enfâse na ferramenta como método distintivo de trabalho. Contudo, este parece ser verdadeiramente o momento em que essa afirmação trás alguma legitimidade à imagem, fazendo pensar em questões relativas ao método de produção do trabalho, nomeadamente a abordagem aos locais, a negociação com os sujeitos visados, os tempos de tomada de vistas e todas as circunstâncias que decorrem de andar a fotografar com um calhamaço, pouco ou nada móvel, em zonas pouco amigáveis.

O estilo exalado pelas imagens é directo e confrontacional, ao mesmo tempo antropológico, fazendo levantar questões pouco simpáticas a um país com tanta riqueza material, mas que tão inadequadamente a utiliza, gastando biliões em guerras, em apoios a indústrias decadentes, mas deixando à miséria e desapoiados os seus próprios cidadãos. Down these mean streets. Entrevista do autor sobre este trabalho ao blog Conscientious.

Tags:
Share: Facebook, Twitter, Pinterest

Leave a Comment: